Modelando Oportunidades Valiosas de Negócios

Na medida em que adentramos na Era Digital, mais constatamos que a modelagem dos negócios passa a ser um imperativo do sucesso, ao lado, é claro, das novas tecnologias e inovações. E, na medida que os modelos de negócios “expiram como iogurte na geladeira”, como afirma Alex Osterwalder, a atenção dos novos empreendedores tem que necessariamente se voltar para as melhores técnicas de modelagem dos seus negócios.

Steve Blank, um dos gurus do empreendedorismo contemporâneo, aponta para mais uma técnica de modelagem que, segundo ele, se junta às atuais da metodologia lean startup em franca utilização mundo à fora.

Trata-se de ferramentas de descoberta, de avaliação, e de definição de foco estratégico inteligente de oportunidades valiosas de negócios, sintetizadas pelo nome de “Market Opportunity Navigator”, que foram apresentadas no livro “Where to Play: 3 steps for discovering your most valuable market opportunities”, de Marc Gruber e Sharon Tal.

Segundo os autores, a ferramenta pode ajudar o empreendedor em três etapas:

  • Identificar um portfólio de oportunidades de mercado provenientes de sua tecnologia ou habilidades únicas;
  • Revelar os mais atrativos domínios ao avaliar o potencial e os desafios de cada opção;
  • Priorizar oportunidades de mercado inteligentemente ao estabelecer as fronteiras de suas experimentações lean.

O Framework

O “Market Opportunity Navigator” oferece um framework visual para descobrir, comparar e priorizar diferentes domínios de mercado e contextos de negócio. Ele ajuda a pensar sobre sua arena de negócio, mais que sua indústria – uma mudança de mindset chave na paisagem competitiva dos dias atuais.

Navigator dirige o modelador através de um processo em três etapas consecutivas que o ajudam a uma escolha mais informada. O primeiro passo, intitulado “Market Opportunity Set”, representa o conjunto de oportunidades potenciais que o modelador endereça com seus recursos e capacidades centrais. Para descobrir oportunidades valiosas, avalia-se as funcionalidades genéricas das habilidades centrais, para entender o que outras aplicações podem criar com elas para diferentes tipos de consumidores.

O segundo passo, o Attractiveness Map permite mostrar visualmente a evolução de suas oportunidades de mercado, de forma que se possa obter melhor os upsides e os downsides, e compará-los uns com os outros. A atratividade de possíveis oportunidades de negócio é baseada em suas potenciais criações de valor, e no desafio encontrado em capturar esse valor.

Finalmente, o Agile Focus Dartboard  apresenta a estratégia focal ágil do modelador. Essa estratégia faz o balanço da tensão entre foco e flexibilidade, ao conscientemente manter abertas outras opções de mercado: aquelas que irão permitir ao modelador mitigar os riscos e aumentar o valor com mínimo esforço.

Em resumo, e acompanhando a síntese de Steve Blank, as ferramentas da Startup Lean oferecem detalhes de “how to play” (como jogar), enquanto o Market Opportunity Navigator ajuda a fazer um zoom-out para entender “where to play (onde jogar)!

Veja o artigo completo aqui.

Por José Carlos Cavalcanti, consultor, sócio da Creativante Consultoria em Inovação, Professor da UFPe e Parceiro da Business Mindset Consulting.

 

Sobre o tema, converse com um Especialista. Agende uma visita.

Deixe uma resposta