Preze pela Cultura Organizacional

Não importa o tamanho da empresa, você sabe que cultura e clima organizacional consistentes influem na maneira como seus funcionários realizam negócios, se relacionam com clientes e entre si. Uma cultura que gere maior senso de união e colaboração diz: os funcionários sentem que a empresa se preocupa com suas necessidades, fundamento para gerar lealdade, engajamento, mais produtividade e retenção dos colaboradores.

Para que a cultura organizacional se propague e fique impregnada por toda a organização, os melhores exemplos e as melhores práticas relacionadas aos Valores da Empresa deverão ser reconhecidos e/ou recompensados.

Um exercício simples e infalível é “rezar” os valores nos mais diversos níveis da empresa. Por exemplo, antes de uma reunião invista 10 minutos para pedir que seus líderes e colaboradores associem um exemplo recente a um valor da empresa. Em pouco tempo seus colaboradores irão se voluntariar para contar suas histórias, permeando os valores da empresa para todos os “corações e mentes”.

Enfim, a cultura organizacional é o pilar central que sustenta a performance da empresa ao longo do tempo. É um agente moderador invisível que protocola o comportamento entre líderes e liderados Na prática, substitui o combate e a agenda pessoal pelo confronto construtivo e espírito de colaboração.

A alma da pequena empresa é de fato o produto de centenas de relações que foram construídas ao longo do tempo. A “cola” que fortalece essas relações é a generosidade. Isto  é, a disposição de todos para treinar, inspirar, incentivar, encorajar, elogiar e respeitar uns aos outros. Você pode ver como é fácil perder essa generosidade de espírito à medida que se cresce — e com ela, a alma da sua empresa.

Como conservar a cultura organizacional quando a empresa começa a crescer?

Pergunte a um Especialista. Agende uma visita aqui.

Deixe uma resposta