O Talento em Transformação

O talento sempre esteve no centro de qualquer organização de sucesso. Mas agora, com a aceleração da digitalização, automação e inteligência artificial, é hora de levar a sério como o talento é significativo. Em paralelo, os empregos estão em transformação, e provavelmente em grande escala. Milhões de pessoas terão que aprender novas habilidades e talvez mudar completamente as categorias de trabalho até 2030. Isso não está tão distante!

Motivo de ansiedade entre trabalhadores e executivos. Segundo pesquisa da McKinsey, 60% dos executivos globais esperam que até a metade da força de trabalho de sua organização precise de treinamento ou substituição dentro de cinco anos. Mais de um terço disse que suas organizações não estão preparadas para lidar com as lacunas de habilidades que eles antecipam. Portanto, eles precisam ter uma visão inteligente do talento que ajude na retaguarda a curto prazo e se posicione para uma interrupção de longo prazo.

As organizações que esperam se beneficiar de uma transformação digital ou de uma nova estratégia não vão muito longe se não tiverem pessoas para dar vida a esses planos. Para fazer isso, eles precisam ter uma visão mais dinâmica de sua oferta de talentos, concentrando-se em habilidades, em vez de títulos e funções. Quando as empresas estabelecem as habilidades que possuem, as que precisam e as que vão mudar com o tempo, elas podem encontrar maneiras mais criativas de atender às inevitáveis ​​incompatibilidades.

O desafio

Por outro lado, inúmeras abordagens estão sendo empregadas, de crowdsourcing a parcerias estratégicas, a fim de ajudar com educadores em treinamentos avançados e currículos mais personalizados. As organizações também estão investindo em programas aceleradores ou realizando aquisições estratégicas para complementar seus requisitos de talentos digitais.

Será fundamental o aprendizado constante — orientado tanto por organizações quanto por trabalhadores — para o futuro do trabalho. Dessa forma, expandindo-se muito além da definição tradicional de aprendizado e desenvolvimento.

Investir nos funcionários com iniciativas de treinamento e estimular uma cultura de aprendizado frequente ajudará sua empresa a se manter à frente da crescente falta de talentos digitais. É necessário concentrar-se em aprimoramento de colaboradores novos e atuais, pois a chance de encontrar talentos com as habilidades de que você precisa só aumentará.

O quanto estamos preparados para esse novo cenário que se desenha?

 

Converse com um Especialista. Agende uma conversa aqui.

Deixe uma resposta