Teste de Stress de Modelo de Negócio

Modelos de negócio e inovação em modelos de negócio estão crescentemente ganhando atenção na prática profissional, bem como na literatura acadêmica. No entanto, a robustez de modelos de negócio é raramente testada vis-à-vis as rápidas e imprevisíveis mudanças em tecnologias digitais, regulação e mercados.

A avaliação da robustez de um modelo de negócio levanta várias questões, tais como descrever o modelo de negócio em uma forma estruturada, como determinar um conjunto relevante de mudanças para testar, como avaliar seus impactos nos componentes do modelo do negócio, e como usar os resultados da avaliação para fortalecer o modelo de negócio.

Em um artigo publicado na revista “Futures”, intitulado “Business model stress testing: A practical approach to test the robustness of a business model”, propõe o teste de stress de modelos de negócios como um enfoque prático para avaliar a robustez dos componentes do modelo de negócio.

O Método

O método foi construído a partir de conceitos das áreas de inovação em modelo de negócio e de planejamento de cenários. Os autores ilustram o enfoque usando um caso exemplo. O enfoque possibilita testar componentes individuais de modelos de negócios, bem como a interrelação entre os componentes. O enfoque visualiza desafios e sugere modos de aumentar a robustez de um modelo de negócio. O enfoque do stress do modelo de negócio é particularmente útil em um estágio de experimentação do modelo de negócio, i.e., se uma companhia tem que escolher entre modelos de negócios alternativos, ou ainda tem que implementar o modelo de negócio.

O artigo contribui para a literatura em pesquisa de futuros ao entregar o primeiro método que permite testar robustez de modelos de negócios contra as incertezas do futuro. Não resta dúvida que esta ferramenta pioneira veio para ajudar aqueles que estão participando de projetos de novas empresas (startups), bem como aqueles que estão em empresas incumbentes e desejam testar novos modelos de negócios antes de implementá-los.

Veja o artigo completo aqui.

Por José Carlos Cavalcanti, consultor, sócio da Creativante Consultoria em Inovação, Professor da UFPe e Parceiro da Business Mindset Consulting.

 

Consulte um Especialista. Agende uma visita.

Deixe uma resposta